domingo, 14 de fevereiro de 2010

Valentine's Day estrelando meus shipps prediletos

Olá, eu sou a Penny (Carol na verdade, mas whatever) e esse é meu primeiro post nesse blog. A Ma.ah* já comentou anteriormente minha função aqui, que será básicamente falar de séries, que ao contário dos assuntos comentados nesse blog é algo que eu entendo. Por isso resolvi que meu primeiro post falará dos meus shippers favoritos.

Não sabe o que é shipper? Então aqui vai uma explicação rápida. Shipp é um termo que surgiu na época de Arquivo X (uma série que traumatizou minha infância, mas isso não vem ao caso), e vem de relationship, relacionamento, e designa um casal ficcional, no caso de séries.

Eu
sempre fui um shipper convicta e acabo shippando casais mesmo sem querer (acredite em mim eu tento evitar, mas é maior que eu), por isso resolvi fazer um post sobre meus shipps favoritos. O texto abaixo é uma republicação de um post do meu outro blog estrelando os melhores casais da TV canon e não canon.

A história de um casal em 13 et
apas

1. O olhar

Tudo começa num olhar qua
ndo duas almas se encontram, quando dois indivíduos predestinados a ficar juntos se conhecem.
Ned e Chuck - Pushing Daisies
2. A amizade
Eles acabam se tornando amigos, o companheirismo é evidente e inabalável. A ligação entre ambos é simplesmente irracional, transcendental.
Booth e Brennan - Bones
3. O flerte
A atração entre eles já não fica mais escondida e o flerte não ocorre apenas pelo desejo físico e também pelo sentimento contido.
Grisson e Sarah - CSI
4. A declaração
Não agüentando mais a luta interna com essas sensações, uma alma decide que já é tempo de dar o salto, e se declara à outra, a alegria é incomparável ao notar que esse sentimento é recíproco.

Barney e Robin - How I Met Your Mother

5. O primeiro encontro
Precisando agir em prol do futuro e de tudo que poderão viver juntos ocorre o primeiro encontro: simples, sentimental e inesquecível.
Hodgins e Angela - Bones

6. O relacionamento

Essas duas almas entes tão perdidas agora se encontram e pela primeira vez vivem a tão famosa verdadeira felicidade.
Desmond e Penny - Lost

7. O pedido
Percebendo que já não faz sentido ficarem sozinhos agora, uma alma pede a outra o comprometimento eterno. Ela aceita.
Meredith e Derek - Grey's Anatomy

8. O casamento
É chegado o momento, em de frente à família, aos amigos gritar a alegria e o amor presente entre os dois. A benção das pessoas amadas, do Estado e de Deus é tudo o que eles precisam no início dessa vida juntos.
Mike e Pheobe - Friends

9. A convivência
Passada a euforia inicial, o que resta no dia-a-dia é o companheirismo. Os defeitos aparecem, as brigas ocorrem, mas se há verdadeiramente amor tudo superam.

Nathan e Haley- One Tree Hill

10. Os filhos
Com o passar do tempo uma lacuna aparece e logo tratam de preenchê-la. A chegada de um novo integrante a família dá um novo ânimo e se apresenta com ares de desafio.
Danny e Lindsay - CSI NY
(com a pequena Lucy)

11. A vida familiar
Tudo é novo novamente, para os pais e para a criança. O
s problemas e obstáculos se multiplicam, mas são proporcionais, até mesmo maiores.
Lynette e Tom - Desperate Housewives
(com Preston, Poter, Parker e Penny)

12. O ‘Felizes para sempre’
Os anos passam e a eletricidade daquele momento inicial se converte em paixão, esta juntamente com aquele companheirismo, com o respeito e principalmente com o amor sustenta a relação.
Lilly e Marshall - How I met your motherAlinhar à esquerda

13. O fim
O final inevitavelmente chega, pois tudo nessa vida é efêmero. Às vezes um desses pilares se quebra, ou enfraquece enfraquecendo assim todo o alicerce da relação. A solução aqui é tomar caminhos diferentes.
Chase e Cameron - House

Mas a separação pode ser mais dolorosa e penosa, quando o motivo não é a falta de amor, companheirismo, respeito ou paixão, e sim a fatalidade, ela mesma, a temida e inevitável morte.

Sawyer e Juliet - Lost


Menção honrosa (porque nem todos os casais se encaixaram):
  • House e Cuddy - House;
  • Mac e Stella - CSI: NY;
  • Hotch e Prentiss - Criminal Minds;
  • Sheldon e Penny - The Big Bang Theory;
  • Chuck e Sarah - Chuck.
Ps: Agradeço a Ma.ah* por ter me ajudado a procurar as fotos, mesmo não achando, porque eu sei como eu sou chata com essas coisas. xP

Ps²: Sim eu sei que vejo séries de mais e torço para uns shipps quase impossíveis, mas a esperança é a última que morre r como diz a música Don't stop beliving...


~Penny

Um comentário:

Cherry ~* disse...

Nooossaa, nem parece q foi vc qm fez kkkk' brincadeira, oq eu quis dizer é q parece esses textos lindos q a gente copia d sites (:
Adorei msmo *----*

PS: Arquivo X tbm me traumatizou na infância ._.

C ~*